EMBRIAGUEZ: Lei seca prende ‘Desembargador’, advogado, PC e mais 23 pessoas

Houve ainda uma pessoa presa por desacato e outra por entregar veículo para condutor não habilitado

Anúncio

A operação Trânsito Vivo – Lei Seca, levou 26 pessoas para a cadeia por embriaguez na direção na madrugada deste sábado (20), em dois locais distintos de Porto Velho, Avenida 7 de Setembro, na região Central e Avenida Amazonas, no Agenor Martins de Carvalho.

Um dos casos que mais chamou a atenção foi o de um homem que se identificou como Desembargador na confecção do boletim de ocorrência na Central de Polícia Civil. A reportagem foi procurada via telefone pelo Desembargador Alexandre Miguel, Presidente da Associação dos Magistrados de Rondônia, para esclarecer que na verdade trata-se de um Procurador do Ministério Público. Tal informação foi checada e confirmada..Segundo o boletim de ocorrência ele dirigia um automóvel Kia Soul e ao ver a blitz parou o carro antes, porém, foi abordado por policiais militares. O homem apresentava visíveis sintomas de embriaguez e recusou fazer o teste de bafômetro, sendo preso através do auto de constatação. O carro estava com a documentação atrasada e foi apreendido.

Teve também o caso de um advogado de 52 anos. Ele conduzia um carro HRV em atraso. Alegando ter ingerido bebida alcoólica, o homem recusou fazer o teste e foi preso através de constatação. O carro foi removido ao pátio do Detran.

Dirigindo um automóvel modelo Etios, um policial civil de 34 anos apresentava sinais de embriaguez e também foi preso por meio de constatação.

Um biólogo, professor, músico e militar reformado também foram presos durante a operação. Houve ainda uma pessoa presa por desacato e outra por entregar veículo para condutor não habilitado.

Os detidos foram levados à Central de Flagrantes para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Rondoniaovivo

Deixe seu Comentário