Juninho sobre Eurico: ‘Eu não sei se ele está bem da cabeça’

Ex-jogador e ídolo do clube falou sobre atual situação do dirigente

Anúncio

Ídolo do Vasco, Juninho Pernambucano, hoje comentarista da Rede Globo e SporTV, comentou os recém-acontecimentos envolvendo o nome de Eurico Miranda no clube carioca.

O dirigente abandonou o cargo nessa quarta envolto em uma das piores crises políticas da equipe e foi duramente criticado pelo ex-jogador:

“Passou do limite. Bom, vamos esperar sexta-feira, eu prefiro que a lei decida. Se a lei disser que tem que ser o Julio Brant ou que tem que ser o Eurico, que a gente sabe que perdeu nas urnas, vai continuar sendo. Nós lamentamos pelo time, pelo clube que demora a se recuperar e vai usar a mesma desculpa de sempre: o culpado é a TV, o culpado é quem paga, o problema é que o outro tem maior orçamento. O Eurico, eu não sei se ele está bem da cabeça com tudo isso que aconteceu. Atacar tanta gente, chegar a esse nível. Ele vai ficar para sempre no Vasco, nunca vai sair do Vasco, como ele nunca saiu. Quando eu voltei, em 2011, o Eurico estava lá e várias vezes, junto com alguns jornalistas, atrapalhou o ambiente. O que se mostrava quando o Eurico estava fora: carro-pipa, só desgraça do Roberto. Com o Eurico dentro, salário atrasado e ninguém fala nada. Isso também tem que mudar. É isso que eu lamento no Vasco, assim é o ambiente do Vasco. Eu voltei em 2011, o ambiente era péssimo, e era recém-campeão da Copa do Brasil e vice-campeão brasileiro”, afirmou, em participação no Troca de Passes.

Notícias ao Minuto

Juninho criticou ainda as regras eleitorais no clube, que favorecem sempre a chapa da situação, segundo ele:

“Não temos muita condição de falar porque cada clube tem o seu estatuto. Pelo que sabemos do Vasco, ele é totalmente protegido para quem está no comando. Você viu como é a eleição. Por exemplo, o Julio Brant ganha, mas terá 120 pessoas ao lado dele, o Eurico terá 30 e outras 150. Você conhece quem são? Alguém já ouviu o nome de alguém? E se acham mais importantes do que os jogadores, são esses que causam problema ao clube. É isso que é o Vasco há 50 anos. Vai continuar assim, sem transparência? Quem são vocês que estão só atrapalhando o tempo inteiro, nunca entraram em campo para jogar? É isso que precisamos saber. Esse é o problema do Vasco. O Vasco se tornou um clube com dono, sem ser dono. Desse jeito vai sofrer sempre, mas tempos melhores virão”, analisou.

Fonte: NOTÍCIAS AO MINUTO  –  Foto: © Reprodução

Deixe seu Comentário